E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo... Judas 1:23

26 de março de 2010

Os 7 banhos de Naamã - Podemos viver a mesma fé?

.
.
.
"E Naamã, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu SENHOR, e de muito respeito; porque por ele o SENHOR dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso." II Reis 5:1


Podemos entender pelo texto das sagradas Escrituras, que Naamã havia conquistado muitas vitórias por meio do SENHOR, e que o capitão do exército do rei da Síria era tido com "um grande homem" diante do SENHOR Deus, um herói valoroso, "porém leproso".


Mesmo diante de tantas vitórias e conquistas, apesar de um grande poder em suas mãos, sendo o capitão do exército (com muita competência), Naamã se encontrava diante de um "inimigo" mortal e implacável, um inimigo que não poderia ser derrotado com armas humanas, ou pelo poder do braço, a lepra pouco-a-pouco iria consumir a sua carne, levando-o a morte. 


Muitos encaram a lepra como o pecado, mas neste caso vamos entender a lepra como espíritos malignos, ou espíritos de demônios, que acabam por atacar muitas vidas, levando-os à derrota e condenação.


O Senhor Jesus já havia nos alertado sobre esses inimigos, comparando-os como ladrões:
"O ladrão (diabo) vem somente para matar, roubar e destruir." João 10:10.
Ora, devemos ter a consciência da existência desse inimigo, e saber que, ou vencemos ele, ou seremos derrotados por ele.


Porém, como vencer um inimigo que não pode ser derrotado com o poder do braço? Ou, como vencer um inimigo que pode ser comparado a uma lepra? Um inimigo que pode consumir aos poucos as suas vítimas?


"E saíram tropas da Síria, da terra de Israel, e levaram presa uma menina que ficou ao serviço da mulher de Naamã. E disse esta à sua senhora: Antes o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra." II Reis 5:2,3

Uma menina de Israel, que servia a esposa de Naamã dentro da casa do capitão, ouviu falar acerca da doença maligna do patrão. Imediatamente a menina recomendou o profeta de Deus como solução para a incurável doença de Naamã - "Antes o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra".

Podemos notar que a menina recomendou o "profeta", logo; nos dias de hoje, é muito importante que o indivíduo encontre o "lugar certo" para a solução dos seus problemas. Nem todos os caminhos levam a Deus.

A menina sabia que Deus iria usar o profeta Eliseu como canal de benção para a cura da lepra de Naamã. Deus já havia usado o profeta em outras ocasiões, e sua fama era de "homem de Deus" em Israel.

Um homem de Deus nos dia de hoje pode ser reconhecido pela obra que realiza; uma obra embasada na Palavra de Deus, num caráter aprovado, e numa fé inabalável, mesmo diante das perseguições e provações. Um homem de Deus pode ser reprovado pela opinião de muitos (confundidos pelo mundo), mas a reprovação de muitos não significa nada diante da aprovação de Deus.

"Veio, pois, Naamã com os seus cavalos, e com o seu carro, e parou à porta da casa de Eliseu. Então Eliseu lhe mandou um mensageiro, dizendo: Vai, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será curada e ficarás purificado." II Reis 5:9,10 

O profeta pois Naamã à prova. Uma prova de fé e obediência.
Ou o capitão do exército da Síria obedecia a voz de Deus por intermédio do profeta, ou, morreria de lepra.

A ordem de mergulhar sete vezes no rio Jordão deveria ser obedecida, para isso a fé de Naamã estava sendo posta em prova. Naamã reclamou do fato do profeta não ter sequer conversado com ele, nem tocou nele fazendo-lhe uma oração - "Naamã muito se indignou, e se foi, dizendo: Eis que eu dizia comigo: Certamente ele sairá, por-se-á em pé, invocará o nome do SENHOR seu Deus, e passará a sua mão sobre o lugar, e restaurará o leproso." II Reis 5:11

Ainda em nossos dias, muitos querem determinar como Deus efetuará uma cura, ditando regras e normas. A fé está muito além de normas previamente estabelecidas. Fé é fé e ponto final.

Muitos dizem: Não acredito nisso. Naquela igreja usam água consagrada, não acredito nisso.
Campanha de sete semanas? Eu não acredito nisso. Enfim; essas pessoas de fato "NÃO ACREDITAM",
e, por não acreditarem, vivem uma vida de fracassos e derrotas, vivem uma religião vazia, sem fé e sem esperança, muita letra e nada do Espírito de Deus.


"Então desceu, e mergulhou no Jordão sete vezes, conforme a palavra do homem de Deus; e a sua carne tornou-se como a carne de um menino, e ficou purificado." II Reis 5:14


Após vencer a dúvida e o orgulho, Naamã se rendeu a ordem de Deus, e finalmente resolveu dar os SETE MERGULHOS. 
Creu, obedeceu, e venceu. Venceu a lepra e pode voltar para a sua casa com a vitória, convertido ao Deus de Israel, o mesmo Deus que devemos depositar toda a nossa confiança.


Que o Deus de Israel abençoe grandemente a tua vida.

ASSISTA UM EMOCIONANTE VÍDEO SOBRE A VIDA DE NAAMÃ

6 comentários:

  1. Parabéns pelo trabalho apresentado aqui em seu blog. Já estou seguindo!

    Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra. Seus comentários também serão sempre bem-vindos.

    www.hermesfernandes.blogspot.com

    Te espero lá!

    ResponderExcluir
  2. A fé é acreditar "naquilo",no qual não podemos provar,é um sentimento de confiança para com o Criador,aceitando-o como nosso mantenedor,não importando como o possa ser,e sim que possa ser!
    Casos de fé são relatados na Bíblia aos "borbotões",mas um chama-me mais a atenção,é o caso da mulher que sofria de hemorragia.Ela caminhou,sabe-se lá quantos kilômetros,atrás de sua cura,arriscou-se pois era uma mulher,e mulheres não eram bem tratadas[aspecto religioso]na época,sendo que não poderia "tocar"em um mestre[era o que o povo acreditava,que JESUS era],portanto poderia sofrer punições,se fosse pega!
    Entretanto não vacilou nenhum momento em faze-lo,pois sabía que o SR JESUS a curaria,mesmo que não viesse à sabe-la,bastando-lhe tocar em suas vestes!
    Essa história é uma das tantas que conprovam a Divindade do SR JESUS!
    Deus lhes abençoe!

    ResponderExcluir
  3. Paz,meu amigo.Estamos felizes em poder estar com vocês atraves deste meio.sou um seguidor de seu blog, pois muito me tem ajudado em meus sermões, e pregações na igreja,,tem sido um grande auxilio para mim e minha familia PARABENS,,sempre que possivel estou acessando e me deleitando.Forte abraço,,.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado meu irmão Baixinho, espero que a Palavra de Deus aqui destacada possa cada dia mais abençoara a tua vida e a tua família.

    Esteja sempre a vontade para ler, copiar e até publicar as postagens em um outro meio de comunicação.

    Um forte abraço na paz de Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  5. paz ,muito lindo o estudo sobre naamã que deus abençoe a sua vida e lhe de mais edificaçoes como essa

    ResponderExcluir

POLÍTICA DE MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...